Arquivo do blog

Encontros Literários no Novo Nicho pra Santa

Encontros Literários no Novo Nicho pra Santa, na Casa Lygia Bojunga, Santa Teresa, Rio de Janeiro.
Visite:

sábado, 4 de junho de 2011

COM FIO SALÃO FNLIJ DO LIVRO



Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens
         O Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens é uma iniciativa da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, instituição dedicada à promoção da leitura, do livro e da literatura para crianças e jovens: http://www.fnlij.org.br/principal.asp?&cod_menu=0 Criada em 1968, a FNLIJ organiza o Salão desde 1999, no Rio de Janeiro, com a presença de dezenas de editoras da área de livros infantis e juvenis, com obras de caráter exclusivamente de leitura literária e/ou informativa. O Salão é mais que uma feira de livros: é um encontro entre os artistas e o público, entre os livros e as pessoas, com o objetivo de promover a leitura entre as pessoas.
Atualmente, com o patrocínio da Petrobras, pela lei de incentivo à cultura da Secretaria de Cultura do Governo do Rio de Janeiro, o Salão acontecerá de 06 a 17 de junho, no Centro de Convenções SulAmérica, com atividades para pessoas de todas as idades (desde os bebês aos mais adultos): exposições e vendas de livros; lançamentos de livros e bate-papos com autores (escritores e ilustradores); performances de ilustradores; seminário de literatura e leitura para adultos (de 13 a 16/06); encontro nacional do varejo do livro infantil e juvenil para livreiros e editores (08/06). E, claro, um espaço para se deleitar com ilustrações e livros, nas bibliotecas (uma para crianças, uma para jovens, uma para os bebês, outra para os educadores) e nas exposições organizadas pela FNLIJ, como a dos livros premiados pela FNLIJ de 2010. Toda criança que visita o salão ganha, na saída, um presente: um livro. No primeiro dia do Salão, 06/06, há a entrega do Prêmio FNLIJ, o maior prêmio do setor no Brasil, em diversas categorias:
Em 2011, o primeiro dia do seminário, 13/06, se dedicará ao Panorama da Literatura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa / CPLP: a variedade da Língua Portuguesa nos livros para crianças e jovens, com a presença de escritores de diversos países de língua portuguesa. No segundo, dia, 14/06, será a vez de Biblioteca da Escola: agora é lei!, com a presença de diferentes profissionais que trabalham com bibliotecas, escolas e o ensino. No dia 15/06, Escola de Leitores - Compartilhando Aprendizagem, uma experiência lançada em 2009, pelo Instituto C&A, nas redes municipais das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo – SP e Paraty – RJ e na rede estadual de Natal/Parnamirim – RN com o apoio de instituições formadoras (FNLIJ, IDE, A Cor da Letra e Casa Azul). Haverá apresentações das experiências premiadas em 2010, bem como palestras de diferentes especialistas. No último dia do seminário, 16/06, haverá o VIII Encontro Nacional de Autores Indígenas: Literatura Indígena e Resistência, com a presença de artistas indígenas de diferentes povos e aldeias do Brasil.
Com o passar dos anos, o Salão se fortaleceu e faz parte do calendário cultural e educacional da cidade do Rio de Janeiro. Há uma significativa presença de profissionais como escritores, ilustradores, editores, especialistas, professores, bibliotecários, educadores, como de estudantes das redes públicas e privadas de ensino, além de pessoas variadas que o visitam. As escolas podem agendar as visitas dos alunos e as famílias serão muito bem vindas também.
Não deixe de visitar: o Espaço FNLIJ de Leitura (onde acontecem os lançamentos de obras); a Biblioteca FNLIJ para Bebês (especialmente para os pequenos); a Biblioteca FNLIJ/Petrobras para Crianças (com estantes de livros e aconchegante espaço para as crianças); a Biblioteca FNLIJ para Jovens (um espaço dedicado aos adolescentes); a Biblioteca do Educador (com acervos e informações para os adultos) e o Espaço Petrobras do Ilustrador (onde acontecem as performances de ilustradores). O mais particular do Salão FNLIJ é o contato que as crianças e os adultos têm com as obras literárias, com os profissionais que criam e fazem os livros (escritores, ilustradores e editores). Os encontros entre as pessoas e os livros, assim como entre as próprias pessoas acontecem num movimento de humanização da literatura. Cada vez mais acessível a todos que visitam o Salão, a literatura se faz presente nos espaços, nas atividades, nos estandes das editoras e institucionais.
                            Ninfa Parreiras